Como o GDPR nos Ajudou a Moldar a Arianee

1_VobLWrqahCLlc2h_MkTFxw.jpeg

Tanto a promulgação do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR) quanto a inovação da tecnologia Blockchainrepresentam novas oportunidades para aumentar a privacidade no maior respeito aos dados pessoais das pessoas, ao mesmo tempo em que desafiam as práticas comerciais convencionais.

O GDPR, entrou em vigor dia 25 de maio de 2018, e a tecnologia blockchain, que recentemente tem causado um frenesi entre investidores e executivos, impulsionaram vários tipos de negócios.

Na Arianee, tivemos a vantagem de projetar nosso protocolo durante um período em que muitas empresas existentes tentavam retroceder na reestruturação de suas políticas para cumprir o GDPR. Tivemos o privilégio de estruturar nosso protocolo a partir do zero e o GDPR foi realmente uma boa notícia para nós. Nossos fundadores estavam cientes de que o envolvimento em indústrias como o mercado de artigos de luxo, combinado com nossas funções de armazenamento de dados e gerenciamento de ativos, significava que o manuseio dos dados pessoais de nossos usuários teria que ser nossa prioridade.

“Nós projetamos a Arianee para ser uma plataforma à frente de seu tempo, integrando cuidadosamente as medidas de conformidade do GDPR dentro do framework. Durante esse processo, descobrimos que tanto o GDPR quanto o Arianee compartilham o mesmo princípio fundamental de privacidade, dando aos proprietários o controle sobre seus dados ”.

  • Luc Jodet, diretor da arquitetura de negócios da Arianee

O Estabelecimento do GDPR

Estamos vivendo em uma era em que o acesso à informação é de grande valor, e o crescimento da Internet contribuiu indubitavelmente para esse fenômeno. Toda vez que navegamos na Internet, tudo o que fazemos é armazenado digitalmente. Isso inclui nossas informações pessoais e bancárias, endereço IP, sites visitados, postagens em mídias sociais — tudo. Se você está ouvindo sobre isso pela primeira vez, provavelmente está olhando para sua tela, com os olhos arregalados e cheio de ansiedade. Mas não tenha medo, o GDPR foi criado para ajudar a proteger sua privacidade.

O GDPR altera as leis de privacidade, afetando a forma como as empresas coletam, armazenam, gerenciam e usam os dados dos clientes entre todas as empresas fundadas ou fazendo negócios na UE e na EEA. O não cumprimento do GDPR pode resultar em uma pesada multa de mais de 20 milhões de dólares.

Sob essas novas regulamentações, os usuários têm o direito de solicitar acesso aos seus dados pessoais gratuitamente e descobrir como as empresas o utilizam. Eles também ganham o direito de excluir, transferir, corrigir e restringir seus dados.

No entanto, uma questão peculiar surge quando o GDPR e o Blockchain se cruzam:

Como podemos dar aos usuários o direito de excluir, transferir, corrigir e restringir seus dados pessoais em um blockchain que, devido à sua natureza distribuída e descentralizada, é considerado um mecanismo permanente de armazenamento de dados?

Ficamos sentados por algum tempo e pensamos nisso, apenas para perceber que a resposta era bem simples — Arianee não vai registrar informações pessoais no blockchain.

Isso é possível graças à natureza dupla de nossos sistemas de armazenamento de dados.

O aplicativo do proprietário e o cofre digital

Os usuários da Arianee nunca revelarão seus dados pessoais a contragosto e a tecnologia blockchain os protegerá contra acesso não autorizado aos seus dados. Para saber como planejamos lidar com dados pessoais, é essencial entender como o Digital Vault System e o aplicativo do proprietáriofuncionam em conjunto.

Arianee Digital Vault é um depósito on-line onde os proprietários podem registrar e armazenar seus ativos inteligentes no blockchain. Na realidade, as únicas informações processadas no blockchain são o número de série do produto, os certificados de propriedade e autenticidade digital, a data de emissão, etc., mas nenhuma informação pessoal é necessária para executar esses processos.

O Vault, tem uma chave pública que é usada para receber dados como certificados digitais e uma chave privada que protege os ativos digitais e nunca deve ser dada a ninguém. Os proprietários podem optar por armazenar vários ativos digitais em um cofre ou criar um novo cofre para cada novo ativo, o que é altamente recomendado para aumentar a segurança.

0_tSVAS7uxNgjuokCG.png

arquitetura pseudônima de Arianee significa que nossos usuários não registram nenhuma das suas informações pessoais no blockchain pelo design. De acordo com o GDPR, a pseudonimização é “o processamento de dados pessoais de tal maneira que os dados pessoais não podem mais ser atribuídos a um indivíduo de dados específico sem o uso de informações adicionais”. Em outras palavras, a privacidade do usuário é aumentada em um sentido as áreas no registro de dados em que os dados de identificação geralmente estão localizados são substituídas por um pseudônimo.

aplicativo do proprietário da Arianee é onde os proprietários podem acessar os ativos digitais armazenados em seu Vault por meio de seu dispositivo móvel. Ele tem uma interface fácil de usar que permite ao proprietário interagir com o blockchain para adicionar, transferir e gerenciar seus ativos digitais e muito mais. Por causa desse contexto, é muito importante observar que as informações pessoais inseridas no aplicativo são armazenadas localmente no aplicativo do proprietário e NÃO no blockchain, dando aos proprietários controle total sobre suas informações.

Embora a Arianee utilize a tecnologia blockchain, o requisito de GDPR que dá aos usuários o direito de excluir, transferir, corrigir e restringir seus dados pessoais é cumprido porque nenhuma informação pessoal é registrada no blockchain sem o consentimento do proprietário. Em vez disso, as informações pessoais são armazenadas no aplicativo do proprietário e o usuário tem a opção de fornecer ou não sua identidade por meio do recurso de pseudônimo.

0_7VyXWEgGqevXyi5G.png

Vamos dar um exemplo:

Sally compra uma nova bolsa da marca ABC, que vem com o seu próprio Certificado de Autenticidade Digital Arianee. Sally faz o download do aplicativo do proprietário para receber o certificado, inserindo algumas de suas informações pessoais para configurar o aplicativo, como nome, sexo e data de nascimento.

Depois que ela for configurada no aplicativo, a marca poderá enviar o certificado digital para o endereço público dela, estabelecendo um vínculo entre a marca e o proprietário. No entanto, a marca não sabe necessariamente quem ela é, pois sempre que concluir uma transação no blockchain, suas informações pessoais nunca serão vinculadas ao ativo digital — apenas as informações de identificação desse ativo.

Conclusão

Com base no nível de responsabilidade, transparência e função de consenso, a tecnologia blockchain pode atribuir grande parte da atenção que vem recebendo pela sua segurança de processamento. Arianee está utilizando blockchain para ser à prova de violação de dados, mantendo políticas de privacidade em conformidade com GDPR. O GDPR foi projetado para ser compatível com tecnologias futuras e, por design, o Arianee está na linha de frente.

Sobre a Arianee
Arianee é o primeiro registro perpétuo, anônimo e confiável de todos os ativos globais, permitindo um elo revolucionário entre proprietários e marcas. Se você gostaria de aprender mais, baixe o nosso White Paper aqui e entre em contato conosco, junte-se à crescente comunidade Arianee!

Vinnie Rodrigues